top of page
Buscar
  • Foto do escritorComunicação Duque

Comunicado da Diretoria 004/2023 Usina Fotovoltaica

Prezados Associados,


É com grande entusiasmo que compartilhamos a notícia de que estamos prestes a concretizar a instalação de uma nova Minigeradora de Energia Fotovoltaica em nosso Clube. Essa iniciativa trará diversos benefícios ecológicos e financeiros para todos nós.


Atualmente, o Clube possui uma microgeradora de energia com placas instaladas no telhado do ginásio das quadras cobertas de tênis, com uma potência de inversores somando 60 kW. No entanto, considerando que a demanda contratada do Clube é de 300 kW, o novo projeto foi desenvolvido para gerar um residual de 240 kW.


A Lei 14.300/22 estabeleceu o marco legal da micro e minigeração de energia. Essas modalidades permitem que os consumidores produzam sua própria energia a partir de fontes renováveis. Além disso, a lei garante que as unidades consumidoras já existentes, bem como aquelas que protocolaram solicitação de acesso na distribuidora em 2022, possam continuar desfrutando dos benefícios concedidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) por meio do Sistema de Compensação de Energia Elétrica (SCEE) por mais 25 anos.


Cientes dessa lei, a Diretoria Executiva contratou um engenheiro eletricista especializado nessa área para elaborar e apresentar o projeto junto à Copel dentro do prazo necessário para garantir os benefícios mencionados. O projeto foi devidamente apresentado e aprovado junto à Copel em 2022. Esse trabalho foi fruto de muitas reuniões e o envolvimento da Comissão de Licitações e Obras, bem como da Comissão de Engenheiros Eletricistas (todos associados do Clube).


Após a fase de levantamento de propostas, estimamos um custo total de R$ 1.700.000,00 (um milhão e setecentos mil reais) para a instalação completa da Minigeradora, utilizando os telhados do Ginásio do Campo Sintético e do prédio da manutenção.


Atualmente, a fatura de luz média do Clube é de aproximadamente R$ 48.000,00. Com a geração de energia própria, esperamos que essa conta mensal seja reduzida para valores estimados entre 5 mil a 6 mil reais, considerando a tarifa mínima da Copel. Essa redução nos custos de energia resultará em uma economia estimada de R$ 500.000,00 por ano, recursos esses que poderão ser direcionados para melhorias nos serviços e infraestrutura do Clube, visando oferecer uma experiência ainda melhor para todos os associados.


No entanto, é importante mencionar que os investimentos necessários para essa obra ultrapassam as margens financeiras proporcionadas pelas taxas de manutenção do Clube. Portanto, apresentamos duas opções para o custeio desse projeto: chamada de capital e empréstimo bancário.


No caso da chamada de capital, com base no valor estimado total de R$ 1.700.000,00, seria solicitado aos associados o valor de R$ 466,67, dividido em quatro parcelas iniciais de R$ 83,33, e mais seis parcelas de R$ 22,22. Dessa forma, em apenas 10 meses, toda a usina estaria quitada.


No caso do empréstimo bancário, obtivemos quatro cotações e todos apresentaram juros na ordem de aproximadamente R$ 680.000,00. Com essa modalidade, a usina seria quitada em 4 anos.


Embora o Estatuto Social do Clube permita que a Diretoria Executiva escolha a modalidade de custeio sem a convocação de uma Assembleia Geral, como foi feito em gestões anteriores para a compra de terrenos, decidimos, por princípios de transparência e respeito aos associados, solicitar ao Conselho Deliberativo a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária na forma de Plebiscito. Assim, todos os associados terão a liberdade de escolher entre a Chamada de Capital e o Empréstimo Bancário.


A solicitação ao Conselho já foi feita, porém ainda não houve a deliberação a respeito. Assim que a data desse Plebiscito seja definida, informaremos todos os associados o mais breve possível.


Como sempre, a Diretoria Executiva está à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas que surjam ao longo do processo.


Atenciosamente,

A Diretoria Executiva

368 visualizações

2 Comments


Roaldo Celso Sabatke
Roaldo Celso Sabatke
Jun 22, 2023

Com certeza sempre economizar é bom.

Hoje nos cobram R$ 51,00 para a implantação do sistema. Gostaria de saber se após a implantação e com a redução no gasto de energia, este valor cobrado hoje será devolvido como desconto na mensalidade na mesma proporcionalidade.

Like

eduardo.guerra
May 19, 2023

Parabens pela iniciativa! Certamente nos trará uma economia no futuro.

Like
bottom of page